Homeopatia: É um mito ou funciona?

O que é homeopatia? 

A homeopatia é uma medicina complementar ou alternativa, o que faz dela algo diferente dos tratamentos que fazem parte da medicina ocidental convencional em aspectos importantes.

É baseada numa série de ideias desenvolvidas na década de 1790 por um médico alemão chamado Samuel Hahnemann.

Um princípio central do tratamento é que “como cura como” – o que significa que uma substância que causa certos sintomas também pode ajudar a remover esses sintomas.

Um segundo princípio central é baseado num processo de diluição e agitação denominado sucussão. Os médicos acreditam que quanto mais uma substância é diluída dessa forma, maior o seu poder de tratar os sintomas.

Muitos remédios homeopáticos consistem em substâncias que foram diluídas muitas vezes em água até que não restasse mais nada, ou quase nada, da substância original.

A homeopatia é usada para “tratar” uma gama extremamente ampla de condições, incluindo condições físicas como asma e condições psicológicas como depressão.

Funciona? 

Tem havido uma extensa investigação sobre a eficácia da homeopatia, mas não há evidências de boa qualidade de que demonstrem que a homeopatia seja eficaz como tratamento para qualquer condição de saúde.

O que devo esperar?   

Quando você consulta um homeopata pela primeira vez, ele geralmente pergunta sobre quaisquer condições específicas de saúde, mas também sobre o seu bem-estar geral, estado emocional, estilo de vida e dieta alimentar.

Com base nisso, o homeopata decidirá o curso do tratamento, que na maioria das vezes assume a forma de remédios homeopáticos administrados na forma de comprimido, cápsula ou tintura (solução).

O seu homeopata pode recomendar que você compareça a uma ou mais consultas de acompanhamento para que os efeitos do remédio na sua saúde possam ser avaliados.

Quando é usada? 

A homeopatia é usada para uma gama extremamente ampla de problemas de saúde. Muitos médicos acreditam que pode ajudar em qualquer condição.

Entre as condições mais comuns para as quais as pessoas procuram tratamento homeopático estão:

  • asma
  • infecções de ouvido
  • rinite alérgica
  • condições de saúde mental, como depressão, estresse e ansiedade
  • alergias, como alergias alimentares
  • dermatite (uma doença alérgica da pele)
  • artrite
  • pressão alta

Não há evidências claras de que a homeopatia seja um tratamento eficaz para essas ou quaisquer outras condições de saúde.

Alguns médicos também afirmam que a homeopatia pode prevenir a malária ou outras doenças. Não há evidências para apoiar isso, e nenhuma maneira cientificamente plausível de que a homeopatia possa prevenir doenças.

É segura? 

Os remédios homeopáticos geralmente são seguros, e o risco de um efeito colateral adverso sério decorrente do uso desses remédios é considerado pequeno.

Alguns remédios homeopáticos podem conter substâncias que não são seguras ou interferir na ação de outros medicamentos.

Você deve conversar com o seu médico antes de interromper qualquer tratamento prescrito por um médico ou evitar procedimentos como vacinação, em favor da homeopatia.

O que podemos concluir das evidências? 

Não há evidências por trás da ideia de que as substâncias que causam certos sintomas também podem ajudar a tratá-los.

Nem há qualquer evidência por trás da ideia de que diluir e agitar substâncias na água pode transformar essas substâncias em medicamentos.

Por exemplo, muitos remédios homeopáticos são diluídos a tal ponto que é improvável que haja uma única molécula da substância original remanescente no remédio final. Em casos como esses, os remédios homeopáticos consistem apenas em água.

Alguns homeopatas acreditam que, como resultado do processo de sucussão, a substância original deixa uma “impressão” de si mesma na água. Mas não há mecanismo conhecido pelo qual isso possa ocorrer.

Algumas pessoas que usam homeopatia podem observar uma melhora em sua condição de saúde como resultado de um fenômeno conhecido como efeito placebo.

Se você escolher tratamentos de saúde que forneçam apenas um efeito placebo, poderá perder outros tratamentos que já provaram ser mais eficazes.

243d688c67fdb7236b49aa0327229cae?s=96&d=wavatar&r=g
Emilia
Olá! O meu nome é Emilia. Sou a fundadora do Guia da Saúde e a pessoa responsável por colocar no website os artigos de informação criados pela nossa fantástica equipa de médicos, nutricionistas, fisioterapeutas e personal trainers. Em conjunto, temos largos anos de experiência que pomos em prática para lhe disponibilizar as melhoras dicas possíveis nos mais diversos tópicos de saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Segue-nos nas redes sociais:

4,007FãsCurtir
46SeguidoresSeguir