Prevenção contra a COVID-19: 12 Dicas e Estratégias

O novo coronavírus é oficialmente denominado SARS-CoV-2, o que significa Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) Coronavírus 2. Uma infeção por este vírus pode levar à doença COVID-19.

O SARS-CoV-2 está relacionado com o coronavírus SARS-CoV, que causou outro tipo de doença coronavírus em 2002-2003.

No entanto, pelo que sabemos até agora, o SARS-CoV-2 é diferente de outros vírus, incluindo outros coronavírus.

A evidência mostra que o SARS-CoV-2 pode ser transmitido mais facilmente e causar doenças com risco de vida em algumas pessoas.

Como outros coronavírus, ele pode sobreviver no ar e em superfícies por tempo suficiente para que alguém o contraia.

É possível que você adquira o SARS-CoV-2 se tocar na boca, nariz ou olhos depois de tocar numa superfície ou objeto que contenha o vírus. No entanto, esta não é considerada a principal forma de propagação do vírus.

No entanto, o SARS-CoV-2 multiplica-se mais rapidamente no corpo, mesmo quando você não apresenta sintomas. Além disso, você pode transmitir o vírus mesmo que nunca tenha nenhum sintoma.

Algumas pessoas apresentam apenas sintomas leves a moderados, enquanto outras apresentam sintomas graves de COVID-19.

Aqui estão os fatos médicos para nos ajudar a entender como melhor proteger a nós mesmos e aos outros.

Dicas para prevenção contra a COVID-19

Siga estas diretrizes para se proteger contra a contração e transmissão de SARS-CoV-2.

1. Lave as mãos com frequência e com cuidado

Use água morna e sabão e esfregue as mãos por pelo menos 20 segundos. Lave até aos pulsos, entre os dedos e sob as unhas. Pode também usar um sabonete antibacteriano e antiviral.

Quando não pode lavar as mãos adequadamente, use gel desinfetante para as mãos. Lave as mãos várias vezes ao dia, especialmente depois de tocar em qualquer coisa, incluindo o seu telefone ou computador.

2. Evite tocar na cara

O SARS-CoV-2 pode viver em superfícies até 72 horas. Você pode contrair o vírus nas mãos se tocar em superfícies como:

  • bombas de gasolina
  • telemóveis
  • maçanetas e puxadores

Evite tocar em qualquer parte do rosto ou da cabeça, incluindo boca, nariz e olhos. Evite também roer as unhas. Isso pode dar ao SARS-CoV-2 a chance de ir das mãos para o corpo.

3. Pare de apertar mãos e abraçar as pessoas – por enquanto

Da mesma forma, evite tocar noutras pessoas. O contato pele a pele pode transmitir o SARS-CoV-2 de uma pessoa para outra.

4. Não compartilhe itens pessoais

Não compartilhe itens pessoais como:

  • telemóveis
  • maquilhagem
  • pentes

Também é importante não compartilhar talheres e palhinhas para beber. Ensine as crianças a reconhecerem os seus pratos, copos, talheres e palhinhas ​​para uso próprio.

5. Cubra a boca e o nariz ao tossir e espirrar

O SARS-CoV-2 é encontrado em grandes quantidades no nariz e na boca. Isso significa que pode ser transportado por gotículas de ar para outras pessoas quando você tosse, espirra ou fala. Também pode pousar em superfícies duras e permanecer lá por até 3 dias.

Use um lenço de papel ou espirre no cotovelo para manter as mãos o mais limpas possível. Lave as mãos cuidadosamente depois de espirrar ou tossir.

6. Limpe e desinfete as superfícies

Use desinfetantes à base de álcool para limpar superfícies duras em sua casa, como:

  • bancadas
  • maçanetas e puxadores
  • mobília
  • brinquedos

Além disso, limpe o seu telemóvel, computador e tudo o que você usa regularmente várias vezes ao dia.

Desinfete as áreas depois de trazer as compras do supermercado ou outras receber encomendas em casa.

Use vinagre ou soluções de peróxido de hidrogênio (água oxigenada) para a limpeza geral entre desinfeções.

7. Leve o distanciamento social (físico) a sério

Se você é portador do vírus SARS-CoV-2, ele pode ser encontrado em grandes quantidades na sua saliva (expetoração). Isso pode acontecer mesmo se você não tiver sintomas.

O distanciamento social (físico) também significa ficar em casa e trabalhar remotamente (teletrabalho), quando possível.

Se você precisar sair para fazer compras, mantenha uma distância superior a 2 metros das outras pessoas. Você pode transmitir o vírus falando com alguém em contato próximo com você.

8. Não se reúna em grupos

Estar em um grupo ou reunião torna mais provável que você esteja em contato próximo com alguém.

Isso inclui evitar todos os locais religiosos de culto, pois você pode ter que se sentar ou ficar muito perto de outra pessoa. Também inclui não se reunir em parques ou praias.

9. Evite comer ou beber em lugares públicos

Agora não é hora de sair para comer. Isso significa evitar restaurantes, cafeterias, bares e outros lugares públicos.

O vírus pode ser transmitido por alimentos, utensílios, pratos, copos ou canecas. Também pode ser temporariamente transportado por outras pessoas no local.

Pode no entanto comprar comida para entrega ou takeaway. Escolha alimentos bem cozidos e que possam ser reaquecidos.

O calor elevado (pelo menos 56° C , de acordo com um estudo de laboratório recente – ainda não completamente verificado) ajuda a matar os coronavírus.

Isso significa que pode ser melhor evitar alimentos frios de restaurantes e todos os alimentos de bufês.

10. Lave alimentos frescos

Lave todos os produtos em água corrente antes de comer ou preparar.

Não recomendamos o uso de sabão, detergente ou produtos comerciais para lavar em coisas como frutas e vegetais. Certifique-se de lavar as mãos antes e depois de manusear esses itens.

11. Use uma máscara

É recomendável que todas as pessoas usem uma máscara facial em espaços públicos. O uso de máscara em Portugal é também atualmente obrigatório em:

  • espaços interiores fechados com várias pessoas:
    • estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços
    • serviços e edifícios de atendimento ao público
    • estabelecimentos de ensino e creches
  • utilizem transportes públicos

Quando usadas corretamente, essas máscaras podem ajudar a prevenir que pessoas assintomáticas ou não diagnosticadas transmitam SARS-CoV-2 ao respirar, falar, espirrar ou tossir. Isso, por sua vez, retarda a transmissão do vírus.

Veja o vídeo seguinte com as recomendações da Direção Geral de Saúde para o uso correto de máscaras.

Algumas dicas para manter em mente:

  • O uso de máscara por si só não o impedirá de contrair a infeção por SARS-CoV-2. A lavagem cuidadosa das mãos e o distanciamento físico também devem ser seguidos.
  • As máscaras de pano não são tão eficazes quanto outros tipos de máscaras, como máscaras cirúrgicas ou respiradores N95 . No entanto, essas outras máscaras devem ser reservadas para profissionais de saúde e socorristas.
  • Lave as mãos antes de colocar a máscara.
  • Lave a sua máscara (se reutilizável) após cada uso.
  • Você pode transferir o vírus de suas mãos para a máscara. Quando estiver a usar uma máscara, evite tocar na frente dela.
  • Você pode também transferir o vírus da máscara para suas mãos. Lave as mãos ao tocar na parte frontal da máscara.
  • A máscara não deve ser usada por uma criança com menos de 2 anos de idade, uma pessoa com dificuldade para respirar ou uma pessoa que não consegue remover a máscara por conta própria.

12. Isolamento em caso de doença

Se acha que tem sintomas de COVID-19 (tosse, dificuldade respiratória ou febre) deve contactar o SNS 24808 24 24 24.

Fique em casa e siga as instruções que lhe são dadas. Evite sentar-se, dormir ou comer com os seus entes queridos, mesmo se morar na mesma casa.

Use uma máscara e lave as mãos tanto quanto possível. 

Por que essas medidas são tão importantes?

Seguir as diretrizes com atenção é importante porque o SARS-CoV-2 é diferente de outros coronavírus, incluindo aquele ao qual é mais semelhante, o SARS-CoV.

Estudos médicos em andamento mostram exatamente por que nos devemos proteger a nós mesmos e a outras pessoas contra a infeção por SARS-CoV-2.

Veja como o SARS-CoV-2 pode causar mais problemas do que outros vírus:

Você pode não ter sintomas

Você pode ser portador ou ter uma infeção por SARS-CoV-2 sem nenhum sintoma. Isso significa que você pode transmitir COVID-19 para pessoas mais vulneráveis, sem saber.

Você pode espalhar o vírus antes de ter sintomas

Você pode transmitir o vírus SARS-CoV-2 antes de apresentar quaisquer sintomas.

Em comparação, o SARS-CoV foi principalmente infecioso apenas alguns dias após o início dos sintomas. Isso significa que as pessoas infetadas sabiam que estavam doentes e conseguiram interromper a transmissão, o que não é possível com a COVID-19.

O tempo de incubação é longo

O SARS-CoV-2 pode ter um tempo de incubação (contágio) longo. Isso significa que o tempo entre a infeção e o desenvolvimento de quaisquer sintomas é maior do que o de outros coronavírus.

De acordo com os Serviço Nacional de Saúde (SNS), o período de contágio é atualmente considerado de 14 dias. Isso significa que alguém que é portador do vírus pode entrar em contato com muitas pessoas antes do início dos sintomas.

Você pode ficar mais doente mais rapidamente

O SARS-CoV-2 pode causar mal-estar muito mais cedo.

As cargas virais – o número de vírus no corpo – estavam no seu pico 10 dias após o início dos sintomas para o SARS CoV-1.

Em comparação, os médicos na China que testaram 82 pessoas com COVID-19 descobriram que a carga viral atingiu o pico 5 a 6 dias após o início dos sintomas.

Isso significa que o vírus SARS-CoV-2 pode-se multiplicar e espalhar em alguém com a doença COVID-19 quase duas vezes mais rápido do que outras infeções por coronavírus.

O vírus pode permanecer vivo no ar

Testes de laboratório mostram que o SARS-CoV-2 e o SARS-CoV podem permanecer vivos no ar por até 3 horas.

Outras superfícies duras como bancadas, plásticos e aço inoxidável podem abrigar os vírus. O vírus pode permanecer em plástico por 72 horas e 48 horas em aço inoxidável.

SARS-CoV-2 pode viver por 24 horas em papelão e 4 horas em cobre – um tempo mais longo do que outros coronavírus.

Você pode estar muito contagioso

Mesmo se você não tiver sintomas, você pode ter a mesma carga viral (número de vírus) no seu corpo que uma pessoa com sintomas graves.

Isso significa que você pode ter tanta probabilidade de ser contagioso quanto alguém que tem COVID-19. Em comparação, outros coronavírus anteriores causaram cargas virais mais baixas e somente após os sintomas estarem presentes.

Seu nariz e boca são mais suscetíveis

Um relatório de 2020 observou que o novo coronavírus entra mais no nariz do que na garganta e em outras partes do corpo.

Isso significa que você tem maior probabilidade de espirrar, tossir ou respirar o SARS-CoV-2 para o ar ao seu redor.

O vírus pode viajar pelo corpo mais rápido

O novo coronavírus pode viajar pelo corpo mais rápido do que outros vírus. Dados da China descobriram que pessoas com COVID-19 têm o vírus no nariz e na garganta apenas 1 dia após o início dos sintomas.

Quando ligar para o seu médico

Se acha que você ou um membro da família tem sintomas de COVID-19 (tosse, dificuldade respiratória ou febre) deve contactar o SNS 24 – 808 24 24 24.

Não vá a uma centro de saúde ou hospital, a menos que isso lhe seja indicado. Isso ajuda a evitar a transmissão do vírus.

Fique mais atento ao agravamento dos sintomas se você ou seu ente querido tiver uma doença que pode agravar os sintomas de COVID-19, como:

  • asma ou outra doença pulmonar
  • diabetes
  • doença cardíaca
  • sistema imunológico baixo

Pode ler aqui todos os sintomas de COVID-19.

Conclusão

Levar a sério essas estratégias de prevenção é extremamente importante para interromper a transmissão da COVID-19.

Praticar uma boa higiene, seguir essas diretrizes e incentivar seus amigos e familiares a fazer o mesmo, será um grande passo para que voltemos ao normal o mais rapidamente possível.

243d688c67fdb7236b49aa0327229cae?s=96&d=wavatar&r=g
Emilia
Olá! O meu nome é Emilia. Sou a fundadora do Guia da Saúde e a pessoa responsável por colocar no website os artigos de informação criados pela nossa fantástica equipa de médicos, nutricionistas, fisioterapeutas e personal trainers. Em conjunto, temos largos anos de experiência que pomos em prática para lhe disponibilizar as melhoras dicas possíveis nos mais diversos tópicos de saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Segue-nos nas redes sociais:

4,045FãsCurtir
46SeguidoresSeguir