Prisão de ventre: causas e tratamento

A prisão de ventre, também conhecida como constipação intestinal ou obstipação é comum e afeta pessoas de todas as idades. Geralmente, é possível tratá-la em casa com mudanças simples na sua alimentação e estilo de vida.

Este artigo vai-se focar na prisão de ventre em adultos.

Quais são os sintomas de prisão de ventre?

É provável que seja prisão de ventre se tiver um dos seguintes sintomas:

  • Se tiver menos de 3 evacuações por semana
  • Se as fezes forem grandes, secas e duras ou irregulares
  • Se tiver que se esforçar ou tiver dores ao evacuar

Outros sintomas possíveis são mal-estar, dores fortes e cólicas abdominais.

Nota: Se estiver a cuidar de alguém com demência, a prisão de ventre pode ser facilmente esquecida. É importante estar ciente de quaisquer mudanças no seu comportamento que possam significar que eles estão com dor ou desconforto, embora nem sempre seja fácil.

O que causa prisão de ventre?

Em adultos, existem diversas causas possíveis e por vezes a razão não é óbvia. As causas mais comuns incluem:

  • Não comer fibras suficientes – como frutas, vegetais e cereais
  • Não beber líquidos suficientes
  • Não se mover o suficiente e passando longos períodos sentado ou deitado na cama
  • Estar pouco ativo e não fazer qualquer exercício
  • Ignorar o seu corpo múltiplas vezes quando este lhe indica que quer ir à casa da banho
  • Mudanças na alimentação ou rotina diária
  • Efeitos secundários de medicamentos
  • Stress, ansiedade ou depressão

A prisão de ventre também é comum durante a gravidez e por 6 semanas após o parto.

É também muito raro que seja causada por uma condição médica.

Como tratar e prevenir a prisão de ventre?

Fazer mudanças simples na alimentação e no estilo de vida pode ajudar a tratar e prevenir a prisão de ventre em casa e sem qualquer medicamento. Mesmo em caso de gravidez, não há qualquer problema em seguir estas medidas.

Às vezes, leva algumas semanas para que os sintomas melhorem, mas é provável que note uma diferença em alguns dias após fazer as alterações.

Faça mudanças na alimentação

Para tornar as suas fezes mais macias e fáceis de evacuar faça o seguinte:

  • Beba muito líquido e evite álcool
  • Aumente a fibra na sua dieta
  • Adicione um pouco de farelo de trigo, aveia ou linhaça à sua dieta
  • Adicione ou aumento o consumo de alimentos que são laxantes naturais

Melhore a sua rotina de casa de banho

Mantenha um horário e local regulares e tenha bastante tempo para usar a casa de banho.

Não espere se sentir vontade de fazer fezes.

Para tornar mais fácil, experimente descansar os pés num banquinho baixo quando se senta na sanita. Se possível, levante os joelhos acima dos quadris.

Considere aumentar a sua atividade

Uma caminhada ou corrida diária pode ajudá-lo a fazer fezes mais regularmente.

O que fazer se os tratamentos naturais não funcionarem?

Caso as mudanças na alimentação e no estilo de vida não ajudarem, visite uma farmácia.

Os farmacêuticos o podem sugerir um laxante mais forte. Basicamente, medicamentos que ajudam a fazer fezes com mais regularidade.

A maioria dos laxantes funciona em 3 dias, mas devem ser usados como última alternativa e por um curto período de tempo para que não tenham o efeito oposto a longo prazo. 

Consulte um médico se:

  • Não melhorar com o tratamento
  • Estiver regularmente com prisão de ventre e esta dura muito tempo
  • Tiver sangue nas suas fezes
  • Perder peso inesperadamente
  • Estiver cansado ao longo do dia
  • Estiver a tomar remédios que causam prisão de ventre – como analgésicos opioides

Importante: Fale com o médico antes de parar de tomar qualquer medicamento prescrito.

Complicações da prisão de ventre de longa duração

A prisão de ventre durante bastante tempo pode causar impactação fecal. Isto é quando as fezes se acumulam na última parte do intestino grosso (no reto).

O principal sintoma é a diarreia após um longo período de prisão de ventre.

A impactação fecal pode ser tratada com:

  • Laxantes mais fortes – prescritos por um médico
  • Supositório – Remédio inserido no ânus
  • Mini enema – Enviando um fluído do seu ânus até ao intestino
  • Profissional de saúde removendo parte das fezes – isto não é algo que você deve fazer sozinho
243d688c67fdb7236b49aa0327229cae?s=96&d=wavatar&r=g
Emilia
Olá! O meu nome é Emilia. Sou a fundadora do Guia da Saúde e a pessoa responsável por colocar no website os artigos de informação criados pela nossa fantástica equipa de médicos, nutricionistas, fisioterapeutas e personal trainers. Em conjunto, temos largos anos de experiência que pomos em prática para lhe disponibilizar as melhoras dicas possíveis nos mais diversos tópicos de saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Segue-nos nas redes sociais:

4,007FãsCurtir
46SeguidoresSeguir